segunda-feira, 12 de julho de 2010

Estúdio Ford - Willys : Corcel 1968 ...

Fotos do estúdio de desenvolvimento de projetos da Ford-Willys em 1968!

Muito provavelmente esta é uma das dez unidades pré-série produzidas do Ford Corcel.

Interessante reparar que os parachoques são de uma única lâmina, ao contrário doque foi colocado em produção, em três partes o traseiro e duas o dianteiro. E repare também que mesmo sendo o modelo Luxo não estava usando os batentes nos parachoques e, não existe luz de placa no parachoque traseiro!

Outro detalhe interessante é que o escrito "Corcel" era previsto para ser na lateral (riscado à caneta na imagem abaixo) e o escrito "FORD" vinha na traseira, mas no lado direito do carro. Quando colocado em produção, o escrito "FORD" passou a ser no centro da tampa traseira e o mesmo escrito "Corcel" na parte direita da traseira do carro.

Mas isso não é tudo! Mais interessante que o próprio Corcel em fase final de gestação, essas fotos da intimidade Ford-Willys mostram uma outra coisa muito, mas muito mais interessante! Eu acho que vocês logo irão descobrir, mas eu só conto amanhã!!
guilhermedicin@hotmail.com

15 comentários:

  1. Interessante a maquete do capeta e do Interlagos ali no cantinho nas 2 primeiras fotos. Agora uma coisa que não entendi, na terceira foto tem 2 desenhos pregados na parede perto do ventilador, que carro é aquele?

    ResponderExcluir
  2. Interessante a disposição das lentes das lanternas traseiras...

    ResponderExcluir
  3. ha!! eu sei, tá ali no fundo hehehe... tenho essas fotos, são parte da época de ouro da história da nossa indústria automobilística....

    ResponderExcluir
  4. Fantástico, Guilherme!
    Alguém sabe dizer o que são aquelas miniaturas? Estudos de estilo?

    ResponderExcluir
  5. Sério cara, esta é a foto mais sensacional que eu já vi sobre carros,e o detalhe da foto mais impressionante e que "quase" passariam despercebidos seriam os três lindos mocapes...

    ResponderExcluir
  6. A curiosidade seriam os modelos do esportivo "capeta" sobre a estante?
    Vecchio

    ResponderExcluir
  7. Espetacular material. Eu queria ter aqueles modelos em escala do Interlagos, principalmente o com vidro lateral diferente.
    Grande abraço!
    Caruso

    ResponderExcluir
  8. O Corcel nasceu como Projeto "M" na Willys, antes de ser comprado pela Ford.
    E realmente era bem esquisito aquele "Corcel" colocado no paralamas traseiro.
    Mas as laminas inteiriças eram mais bonitas do que as que foram lançadas no carro definitivo.
    Romeu

    ResponderExcluir
  9. Guilherme, aqui em Stº Antonio tem um desses, bem inteiro até, que tem várias peças e a chave de ignição com logotipo Willys,não notei se o parachoque traseiro é inteiriço apenas o dianteiro, pois tenho uma foto dele de frente.
    A "intimidade" a que se refere seria a placa WO?

    Marcelo.

    ResponderExcluir
  10. Além das miniaturas, chama a atenção a cor das lanternas de posição dianteiras, aparentemente em estudo se seriam cristal ou âmbar. Fantásticas fotos históricas.
    Marcelo, envie para o Guilherme essa foto com o parachoque inteiriço. Se for original do carro, pode ser um dos modelos pré-série e merece ser investigado...
    Irapuã

    ResponderExcluir
  11. Na verdade o FORD Corcel foi lançado sem garras nos para-choques. Provavelmente foram lançadas no ano seguinte, em 1969.

    ResponderExcluir

  12. Eu tenho um protópito igual a este, o numero 3 fabricado, foi tirado por funcionário da ford willys. Duvidas pergunte! hemail ( rubensilva123@hotmail.com ) se preferir ligue ( 15 ) 3012-6580.
    A braços! Rubens.

    ResponderExcluir
  13. Guilherme, sou segundo dono do corcel, ele foi retirado pelo Sr.Carlos, um antigo funcionário que trabalhou na Ford Willys de 1965 até 1995, foi Ele quem retirou o protópito de cor verde aqua.
    É uma jóia preciosa, acredito não ter outro no Brasil. algumas particularidades, painel todo moldado em chapa com alta performace não tem aquele bigode na parte de cima entre o painel e o vidro do parabrisa, que era feito de madeira espuma e corvin como os demais, botões do painel são graudos cromados cheios de fresadinhos em riscos esculturais igual do galaxie 1967, pedais do freio e embreagem são quadrados diferentes dos demais que são retangulares, manivela de levantar o vidro é cromada e o botão onde pegamos com o dedo para erguer o vidro é de jacaranda e preto, nos demais corceis são de plastico etc.
    Tudo isto ajuda o protópito, diferenciar dos demais corceis além de custar muito caro, na oportunidade mandarei fotos.
    Abraços, Rubens.

    ResponderExcluir
  14. Puxa vida... Lembro como se fosse hoje, o meu pai contando que ele e a equipe, que trabalhavam na Willys, deram um duro danado pra montar o Corcel (na época, ainda da Willys) para o Salão do Automóvel...
    E ver que, de tudo o que ele passou, só sobrou história.

    ResponderExcluir
  15. Interessante é saber que meu pai, que trabalhou na Willys até 1972, me contava que ele e a equipe de montagem, trabalharam dia e noite para preparar um carro para a exposição no Salão do Automóvel em São Paulo. Ele dizia que, para a feira, o carro não precisava "funcionar de verdade", então encaixaram as peças, o motor estava desconectado do câmbio e, muitas das partes internas foram "amarradas" com arames...
    E, disso tudo, só sobrou história...

    ResponderExcluir