quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Jardineira Veículos em 1982 ...

Mais luz à história do antigomobilismo brasileiro.

São fotos da "Jardineira Veículos" que se não a primeira, foi a maior e mais expressiva loja especializada em veículos antigos durante os anos oitenta, cujo o pioneiro foi Assadur Mekhitarian.

Tinha uma excelente localização e amplas acomodações na Av. dos Bandeirantes, número 1.001 em São Paulo-SP.

A Jardineira ficava aberta de segunda à sábado até as 20:00 horas... Era um verdadeiro museu e passagem obrigatória a qualquer interessado em carros antigos, o que fez da Jardineira Veículos uma referência nacional.

Em sua propaganda na época, diziam: "você será um dos privilegiados em investir num artigo à salvo da maxidesvalorização" -contextualize isso nos anos oitenta. Evidentemente que o preço dos automóveis não eram tão diferente daquilo que se pratica hoje em dia, ou talvez fossem até mais caros!

Essas fotos foram enviadas pelo Carlos Eduardo Wahrlich, o Tato, que as fez em uma visita à Jardineira Veículos em 1982. Nas primeiras fotos, Isotta-Fraschini e um Cord L-29 conversível feitas na loja do Sr. Romeu Siciliano, na mesma viagem à São Paulo.

Abaixo, um belo carro: Chrysler Imperial 1954.
Acima, Cadillac Cupê DeVille 1954.

Abaixo, Thunderbird 1959.
Abaixo, um caso emblemático dos excessos estilísticos do fim dos anos cinquenta, o Oldsmobile 1958!
Abaixo, outras fotos da Jardineira Veículos, mas já em 1987.
Ford Thunderbird 1957.
guilhermedicin@hotmail.com

11 comentários:

  1. O Simca que aparece ao fundo na primeira foto do Olds não devia valer nem o espaço que ocupava!

    ResponderExcluir
  2. Verdade, Luís. Época em que ter um negócio como esse e carros como esses era verdadeira loucura. Coisa de quem rasgava dinheiro. Hoje, o cenário mudou muito. Bom para quem tem e vende tais carros. Ruim para quem, assim como eu, não tem e gostaria de comprar. Por isso, não vendo meu Opala, pois já está e ainda ficará mais valorizado do que está hoje.
    Abraços a todos.

    ResponderExcluir
  3. Meu pai comprou o Standard Vanguard 1950 com o Assadur. Segundo dizem, na época, meu pai o comprou por us$ 4mil e foi o carro mais caro que ele comprou da coleção hahahaha

    Ps. Ainda acho que este Cord L29 está no Brasil em alguma coleção grande. Se não duvido, deve estar com o Zé Adolfo ou com o espólio do Romeu Siciliano...

    ResponderExcluir
  4. Luis, o carro que aparece ao fundo na foto do Olds, não é um Simca.
    É um Consul, provavelmente 61 ou 62, feito pela Ford na Inglaterra.
    Note entre outros detalhes, o volante do lado direito.
    Romeu

    ResponderExcluir
  5. Vixi, devo ter trombado com o Tato nesse dia! Numa das ocasiões em que parei ali, estava ocorrendo um leilão. Fazia um frio do K-C-T, e serviam vinho quente. Tenho a canequinha até hoje... Arrematei carros? Ah, claro, mandei "imbruiá cum jorná uns par deles..."

    ResponderExcluir
  6. Só tinha autos interessantes... alguns ainda estão por ai em exposições outros sumiram.
    Acho interessante que nessa época não se podia importar um parafuso sequer de carros antigos, para trazer algo pelos correios eram um risco de perder! Email nem pensar, era carta e/ou Fax.
    Agora, podemos até importar veículos antigos.
    ALgumas importações recentes pode estar sinalizando que o momento é de trazer autos mais antigos e marcas variadas que até eram comuns por aqui.
    Foi importado recente, Buick 1949 roadmaster 4 portas, Caddy 1956 4 portas, Mercury 1947 town and country (vejam a foto na propaganda da Advance na Classic show), mais uma asa de gaivota está chegando e até Fordinhos 29.
    Paulo

    ResponderExcluir
  7. Olá pessoal ,

    trago minhas excusas por ter induzido o Guilherme ao erro de não mencionar que , tanto as fotos do Isotta como aquela do L-29 foram , na verdade , tiradas nas instalações do falecido Sr. Romeu Siciliano : as fotos , entituladas como da mesma viajem à SAO , acabaram se embaralhando e o nosso jovem anfitrião não poderia saber.......
    Sim , era imperdível uma visita aos dois e , como comentado acima , os preços não eram para se perguntar : só olhar e babar nos carros .

    SAO era o máximo àquelas alturas , já que se fechava um pacote de Concurso , visita aos dois vendedores e algumas coleções particulares .
    Era o máximo que tínhamos........

    Lindberg , meu caro , foi por um triz ! Uma pena ! Éramos cabeludos , com suiças e calças boca de sino . Figuraços !

    Abraço a todos com muito carinho...do TATO

    ResponderExcluir
  8. Ao lado do Cadillac 1954 branco um Vw Split Window 1953 (oval dash-board), um dos mais cobiçados Vw vintage.
    Dario Faria

    ResponderExcluir
  9. Conheci o Seu Assadur com meu pai e meu avô um pouco antes dessas fotos, em 1980, quando ele ainda era diretor de um hospital na região da Zona Leste. A primeira loja ficava bem perto de uma pista de patinação na Av. Prof. Luiz Ignácio de Anhaia Mello no bairro de Vila Prudente, e foi graças à essas visitas mais rotineiras ( e menos espaçadas - meus parentes eram "patrícios" de Seu Assadur) somando-se a visita ao Museu de Antiguidades de Caçapava do Sr. Lee acabou gerando uma incorruptível vontade de ser um antigomobilista num futuro não tão distante dali...
    Meus agradecimentos ao Guilherme e também ao Tato pelo compartilhamento dessas belíssimas e eternas imagens, num tempo heróico de apaixonados e abnegados colecionadores !!!

    ResponderExcluir
  10. Vivi muitos anos passando em frente da Jardineira nos anos 80, e me lembro que este Cadillac Coupe 1954 custava US$ 9,000.00 em 1988. Dois anos depois, em 1990 comecei minha história com os carros antigos comprando um Buick Special 41D 1952 do Willy old park na rua Guaepá, lembram? Hoje tenho até oficina para restaurar as "machinas". Saudades destes tempos de aventura. Pedro Bittencourt pbcastro@terra.com.br

    ResponderExcluir
  11. Ola!!! meu nome é Eduardo Bandeira, gostaria de falar pessoalmente com o Sr. quem me indicou foi o Cezar Olandim , restaurador daqui de São Luiz do Paraitinga, meu email é bandeira_edu@hotmail.com

    muito obrigado
    Edu

    ResponderExcluir