terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Tatos Garage ...03

Nessas fotos, o museu Tatos Garage já ricamente montado.

O intuito desse post é dar ênfase aos importados, mas não impede mais uma pequena amostra dos nacionais, como na foto acima de Joana Lemos Moreira, que mostra em destaque o lindo Alfa Romeo, marca de grande prestígio não só mundial, mas também com o mecena Tato.

Impossível não notar também os dois Charger R/T emparelhados: um 1974 e outro 1977. Nas imaginações mais férteis, prontos para um "péga"! É o esportivo mais cobiçado dos anos setenta e ainda hoje predileto de muitos dos amantes do automóvel mostrados sob o ponto de vista histórico e cultural. O capricho com o Museu pode ser visto muito além dos tapetes, reparem que está exposto também um V8 de um Charger, para fazer bater mais forte o caração dos moparmaníacos.

Mas se sua imaginção quiser ir mais além dos V8 "verde-amarelo", logo em frete aos Charger R/T está uma dupla muito mais "muscle": Dodge Challenger Rallye 360 1974 e um Chevrolet Camato T Top 305 1978!
Se sua visão for boa, verá ao fundo da dupla a discreta silhueta de um Vw SP-2, mostrando a diversidade dos automóveis dessa grande coleção! E imagine, todos no mais absoluto estado de originalidade.
Lincoln Continental MK IV, preenchendo um "ponto cego" no acervo de carros antigos brasileiros. É recém importado e novíssimo.

Se dois Charger R/T mais a dupla com Challenger e Camaro T Top já lhe impressionou, veja esses dois da foto abaixo! Mustang 289 1968 e Camaro RS 327 1969!
Comentem vocês que eu já nem sei mais o que dizer.
Nas duas fotos acima, uma rápida passagem pelos "anos dourados"... O colorido dos anos cinquenta volta nos próximos post's...

Abaixo, dia da inauguração do Tatos Garage em São Francisco de Paula-RS, ao centro, o idealizador e empreendedor de todo esse templo antigimobilístico -Carlos Eduardo Wahrlich.Demonstrando ainda mais a diversidade dessa coleção iniciada por um jovem há 36 anos, nas fotos acima podemos reparar não só no imaculado Chevrolet 1934, mas também nos outros "anos 30" que o escoltam: De Soto 1930 e Ford 1936.

O Ford model A é 1928.

Na foto abaixo, Lincoln 1946. Perfeito também.Acima, um Mercedes 1952.

Nas fotos abaixo, mais cores vibrantes, agora dos interiores dos anos 50.

Quais carros são? não conto ainda, mas vão aparecer de novo.


Nessa última foto, reparem no Chevrolet 1951 azul com teto branco ao fundo.
É esse o "número 01" da coleção, pois foi o carro que deu início à essa coletânea aqui apresentada.
guilhermedicin@hotmail.com

5 comentários:

  1. É de babar, tudo muito lindo!

    parabéns ao Tato.
    Murilo

    ResponderExcluir
  2. Caramba, vou ter de adiantar a minha visita aos Tato's Garage para esse final de semana, me deu água na boca !!
    Tomara que eu encontre o Tato para lhe dar os parabéns pessoalmente...
    Valeu pelas belíssimas imagens Gui, e fica aqui a pergunta: quando o amigo virá pra cá conhecer todos esses lindos museus "in loco"???

    ResponderExcluir
  3. Magnífico. Como moro no RS, em breve vou dar um jeito de visitar esse museu. Depois do fechamento do Museu da Ulbra, esse aí parece ser um dos melhores do Estado. Alguém sabe os horários e dias para visitação?

    ResponderExcluir
  4. Realmente é de cair o queixo. Começou a coleção com um Chevy, fez muito bem!

    ResponderExcluir
  5. Alisson, o museu fica aberto somente nos finais de semana, e chegar nele é até fácil, basta dar uma parada no centro de informações turísticas de São Francisco de Paula, que fica à beira da rodovia de acesso à cidade, e lá te informam exatamente onde fica o museu...

    ResponderExcluir