domingo, 10 de abril de 2011

Wolseley Six Eighty 1952 ...


Um raro inglês, é o Wolseley Six Eighty 1952 na foto de 1967, em Niteroi -RJ.
Nessa época, o auto já era tratado como um ítem de coleção pelo seu proprietário, Izak Redinger, que aparece ao volante. Porém, o carro foi vendido tempos depois e tem seu paradeiro desconhecido.
Foto cedida pelo Dilson Redinger.

4 comentários:

  1. OOps ,

    Um Morris em traje de Gala !
    Eram raros já naquela época , hoje....
    Como eram lindos os Wolsley !
    Que toque de elegância nobre sobre os Morris Oxford e Six !
    Quem sabe este carro ainda exista....eh? Justamente do Rio temos um fio de esperança....
    Abraço...TATO

    ResponderExcluir
  2. Não aposte alto Tato. Niterói é um cidade com poucas porém preciosas referências automotivas do seu tempo de capital do estado, quiça antes. É de Ninterói, por exemplo, o mais antigo veículo emplacado e em uso no RJ, o Ford T do amigo Wilson, que foi do pai, que o usava em seu negócio de cofres. Foi este mesmo veículo o convidado para inaugurar a Ponte em 1974, o primeiro a passar sobre ela. Ontem no encontro do Veteran vi o Fairlane 500 de um nosso falecido conterrâneo, dele também há décadas. Sim, temos alguams coleções, mas definitivamente não acredito que tenhm o perfil de quem manteria um raro automóvel como esse.
    Abraços, Nik

    ResponderExcluir
  3. Me lembro do Izak de Niterói, ele tinha um galpão com carros antigos e na rua tb ficavam outros. Esse Wolseley já não estava mais com ele no começo dos anos 80.
    No Rio, nessa mesma época, ainda tinham dois Wolseley: um muito bom num vendedor chamado Robson do Velho Galpão, esse auto era excelente e pouco rodado. Me lembro dele nos anos 70 no bairro Grajaú onde vivi minha infância.
    O outro era de um sócio do Veteran, Sr Rogério, era tb o tesoureiro do Veteran nos anos 80. Esse auto era bom para restaurar mas Sr Rogério tinha tudo para o auto e NOS. INfelizmente se acabou, foi vendido e quem comprou tentou fazer um HOT na base da intuição e não deu em nada. O carro chegou a ser vendido no Mercado Livre, já sem as partes originai, mecânica de Chevrolet, e as peças não existiam mais. Uma pena...
    Quem sabe esse preto do Velho Galpão ainda exista? Sim tb dizem existir outro na cidade de Caxias do Sul.
    Quem souber de algum desses ou outros avise aqui no Blog.
    Paulo

    ResponderExcluir
  4. Olá a todos no Brasil que gosta de imagem - Eu sou do clube Morris & Wolseley na Inglaterra e gostaria de saber sobre qualquer um destes carros se escondendo por favor?

    Eu tenho um registo deles com mais de 500 em todo o mundo, mas somente um no Brasil?
    Eu também seria feliz em saber sobre o Morris Oxford 1948-1954, e primo menos glamouroso da Wolseley "O Morris Six.

    Do emblema de curto e sem luzes lado, este carro é muito velho 1949/50 - um Maybesome vai encontrá-lo?

    Graças

    Mike
    ferrit40@hotmail.com

    ResponderExcluir