segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Simca Chambord 3 Andorinhas 1963 ...



Simca Chambord, 3 Andorinhas, 1963, impecável, em uma foto do meio dos anos oitenta.

9 comentários:

  1. Guilherme ,eu tenho um desses " quase " pronto.A cor da " blusa " é cinza jacaré.

    ResponderExcluir
  2. Impecável, belíssimo, raríssimo. Saia e blusa. Blusa verde, volante branco, pneus faixa branca. Quantas saudades.

    ResponderExcluir
  3. Continuo afirmando que o SINCA é um dos carros mais lindos do mundo, tem charme e beleza, feliz é quem tem um.

    ResponderExcluir
  4. A beleza dos Simca, extraordinária, porém inversamente proporcional à qualidade mecânica e elétrica. E não me venha dizer que "o meu pai teve um e nunca incomodou" porque de dez ex-proprietários de Simca, nove tiveram sérios problemas com o carro - na época, quando novo - o que gerou o apelido, justíssimo, de "Belo Antônio".

    ResponderExcluir
  5. Vocês sabem de onde vem o apelido " Belo Antônio ". O falecido artista italiano Marcelo Mastroianni, encenou um filme nos anos 60, filme no qual ele era o galã e muito cortejado pelas mais belas mulheres de sua cidade. Porém, todavia, entretanto, chegava na hora H, como diz o bom mineiro, o TREM FAIAVA. O nome do Marcelo no filme era Antônio e apelidado pelas mulheres de " BELO ANTÔNIO ". O SIMCA estava em evidência justamente quando o filme estava em cartaz no Brasil. Um dito mecânico qualquer lá, um belo dia, após pelejar com um Simca, disse: " Está igualzinho o Belo Antônio do filme pô, na hora H falha ". Foi uma gargalhada total e o apelido pegou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos Alberto Petry7 de fevereiro de 2012 09:08

      A narrativa está quaze perfeita, mas falta o nome do mecânico...rsssssssssssss

      Excluir
  6. Uma das sete maravilhas do mundo automobilístico brasileiro dos anos dourados!

    ResponderExcluir
  7. Olá Prof. Chico ,

    em boa quantia você tem razão !
    Mas depois de três Simcas , poucos dissabores , eis que sempre atento à sintomas , um excelente mecânico , hoje estas "pifadas " dos meus Simcas quase desapareceram da menória !
    O que ficou indelevelmente foi o prazer de dirigir , o equipamento , o garbo de desfilar com um Simca .
    O carro era um sonho , mas não para quem o tocava em todo terreno até pifar !
    Era , sim , delicado , por super equipado e de uso urbano .
    Mas não estou contestando seu ponto !Estou relativisando-o . Abraço .....TATO

    ResponderExcluir
  8. E EU AQUI A SONHAR, NO CONFORTO DE MEU POLARA 1981, A NAVEGAR EM UM GARBOSO SIMCA, QUE ATÉ ENTÃO NÃO PASSA DE DELÍRIO VIVO, MAS AINDA O TEREI, PARA MINHA FELICIDADE,DO ÓLEO DE MINHAS VEIAS E DA FERRUGEM DE MEU CORPO! XIKO

    ResponderExcluir