quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Opel Kapitän ...

Opel Kapitän.
Não tenho bem certeza, mas deve ser um 1939. A calçada já denuncia onde foi tirada a fotografia, Rio de Janeiro!
Vejam que esse raro alemão aparece bastante equipado: enfeite no pára-choque, faróis de milha, caça mulata, escudos na grade...
Mas o adorno mais curioso desse pequeno conversível é sem dúvida o gasogênio, essa "trapizonga" instalada na traseira, utilizada no Brasil num período de escassez de combustível...

Eram os anos da segunda guerra mundial. Na minha opinião, o registro desse pitoresco artifício usado aqui no Brasil consegue ofuscar até mesmo a graça do opelzinho conversível que passeava pelas ruas cariocas no tempo da Guerra...
GasoGÊNIOS .

Essas fotos pertencem ao Pedro Henrique Gomes, sendo que o carro e casa ao fundo fazem parte da história de sua família.

3 comentários:

  1. Havia muitos Opel no RJ trazidos pelo pessoal que fazia o apoio terrestre aos dirigíveis Zeppelin. Não valiam nada no mercado de usados, que preferia os americanos.

    ResponderExcluir
  2. Bacana a adaptação para fugir da escassez de gasolina.

    ResponderExcluir
  3. Cheguei a ver alguns poucos modelos rodando com este gás na década de 70/80, inclusive Galaxie. Em Rio Negro/PR tinha um carro da década de 50, que chegou a ser notícia no Fantástico. Outro de Benedito Novo/SC chamou a atenção em programa de carro da Globo pela queima de lenha de árvores. Mas para a época da guerra valeu;

    ResponderExcluir