quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Aero Willys 2.600 1963 ...



Aero Willys 2.600 1963, em foto promocional da fábrica.


Este modelo foi o primeiro carro brasileiro a sair com pintura metálica! Aliás, quais eram as cores?




16 comentários:

  1. Agora eu já não tenho certeza se o primeiro metálico foi o Aero 1963 ou 1964...

    Murilo.

    ResponderExcluir
  2. O modelo 63 apresentado no Salão de Paris em (04/10/1962)já possuia a cor matalica,foram levados a Paris um Aero na cor Preta e outro Dourado e um exemplar do Willys Interlagos.Foram os primeiros carros de projetos e estamparias Brasileiros,na minha opinião os modelos 63 e 64,deveriam ser destaque em coleções de nacionais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente e o meu 1964 está na minha garagem há 13 anos.

      Excluir
  3. Não tenho lembrança de ter visto um Aero 63/64 original em metálico nas ruas, apenas a notícia do modelo de apresentação. As cores mais comuns eram o branco, cinza escuro, bordô/grená e azul claro e raros pretos. Os carros com combinação do interior em couro vermelho eram sensacionais. Quais as cores metálicas originais?

    ResponderExcluir
  4. Não me lembro de ter visto na época algum na cor metálica, os pretos eram mais comuns em Brasília porque servias as Repertições Públicas.

    ResponderExcluir
  5. corrigindo:

    OS AEROS SERVIAM AS REPARTIÇÕES PÚBLICAS, E OS FNM JK ERAM DESTINADOS PARA CARRO OFICIAL EXCLUSIVO DOS MINÍSTROS.

    ResponderExcluir
  6. Até onde me consta, o primeiro modelo dessa linha a ostentar cor metálica foi o ITAMARATY 1966, uma vez que aquela unidade 63 em cor metálica, levada à Europa, apresentava uma cor específica para demonstração e chamariz.

    ResponderExcluir
  7. Pessoal,
    lembro-me com clareza de um 1964 OKm, em um tom de marrom metálico e interior vermelho que era a coisa mais linda do mundo! gostaria eu de ver um novamente, com os pneus faixa branca e tudo. Depois me lembro de um outro Aero 64 que era verde metálico e tinham feito alguma alteração no escapamento que o deixou com um ronco mais poderoso, parecendo um V8 forte... O marrom metálico desse Aero era definitivamente a cor mais bonita até então.

    ResponderExcluir
  8. Complementando: essa cor Marrom Metálico era tão bonita que passou a ser usada em outros carros reformados na época. Me lembro de um Ford 51 que foi pintado com essa cor e também ficou muito bonito.

    ResponderExcluir
  9. Segundo o livro contando a história do Aero,lançado recentemente,a cor metalica chamava-se Marrom Cordovam e era de fato a única opção metalica, vendida ao público normalmente,(deve ter vendido poucas unidades),antigamente era muito complicado fazer retoques ,os funileiros em geral não dominavam estas matizes o preço da pintura triplicava ou mais.A partir do Itamaraty e em seguida o Galaxie começou a se difundir os tons metalicos nos autos nacionais e mais oficinas e concessionarias passaram a dominar o processo de repinturas, retoques ,polimentos etc.Em tempo;os Crysler (esplanada/regente)tinham cores metalicas belissimas.

    ResponderExcluir
  10. Bem, vale lembrar também que a Simca lançou diversas cores metalicas no medelo Tufão em 1964.

    ResponderExcluir
  11. Os Interlagos foram lançados em 1962 com varias cores metalizadas.

    ResponderExcluir
  12. Tambem só me lembro do Marrom metalico no Aero Willys 2.600. Assim mesmo só a partir de 64.
    Em 1965, já com alterações na carroceria e o cambio de 4 marchas, saiu um verde metalico, que era usado no material de divulgação da Willys.
    Romeu

    ResponderExcluir
  13. comprei um gordini 64 , ele e marrom metalico por fora e marrom liso por dentro alguem sabe dizer se e original

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, talvez seja o tal Marrom Cordovam discutido acima. Me mande fotos do seu Gordini e vamos descobrir.

      Abraço,

      Excluir
  14. Mais sobre a história desse carro: http://www.youtube.com/watch?v=jCypjNRpLIg

    ResponderExcluir