sábado, 2 de maio de 2020

Vw Zé do Caixão 1968 ...


O "Zé" estreando nos concessionários Volkswagen em fins de 1968, bem acompanhado.

guilhermedicin@hotmail.com



5 comentários:

  1. Até hoje eu não entendo como a Volkswagen do Brasil não aproveitou pra fazer umas linhas mais retas nos próprios carros. O Passat teve que vir lá de fora e o sucesso dele só aumentou graças a uma mecânica mais moderna que contornou bem a crise do petróleo. Imagina um Zé-do-Caixão quadrarinho como um Lada...

    ResponderExcluir
  2. Que foto linda! Merece uma restauração para consertar o rasgado. O VW 1600 4 Portas retratado é pertencente à segunda série de 1969, pois o adorno da coluna já é o que apresenta elementos horizontais, o adorno das primeiras unidades tinha o elemento redondo com o símbolo do município de São Bernardo do Campo nele inserido.

    ResponderExcluir
  3. Esse foi "demais" na época...o da foto deveria ser na cor "vermelho cereja" ou talvez em "verde escuro" contudo, uma coisa é certa, "preto" não era, pois, não existiam "preto como prata", mas sim "beje, branco" e as acima citadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Duval, a impressão (subjetiva, pois) é que o carro retratado era vermelho Cereja, mas poderia ser também um verde Folha. As demais cores para 69 são improváveis neste caso, bege Góbi, azul Nápoles, branco Lótus, verde Pinheiro... o preto foi usado só no Luxo, mas o carro da foto não é um Luxo pela ausência de friso lateral (item de série para todos os 1600 4 portas em 70). Além do Luxo em preto, havia o bege Góbi com teto branco Lótus, vermelho Cereja com teto Preto e o verde Folha com teto verde Pinheiro.

      Excluir
    2. Tinha o Azul marinho também...

      Excluir