segunda-feira, 13 de maio de 2013

Ford Maverick 1975 & Dodge Dart 1972 ...


O Ford Maverick Coupé 4Cil. 1975 e o Dodge Dart Coupé 1972 na bucólica paisagem em julho de 1981.

O Maverick era do meu avô e teve seu destino naquele tempo mesmo, o Dodge era do meu pai e ainda está por aqui.
guilhermedicin@hotmail.com

13 comentários:

  1. E pensar que em meados da decada de 90 existia Mavericks a preço de R$ 1.000,00

    Barão

    ResponderExcluir
  2. E eu recordando que em meados da década de 90, tinha Dodge Dart sendo vendido por 3500 reais em bom estado.

    Humberto "Jaspion".

    ResponderExcluir
  3. Eric Elias Guimarães15 de maio de 2013 07:28

    Me lembro que no final dos anos 90 e primeiros anos dos 2000, um Opala em melhor estado que estivesse, valia no máximo 3.500 reais!

    ResponderExcluir
  4. Pode parecer mentira, mas deixei de comprar um Landau 1981,perfeito por R$ 1.500,00 em 2001..
    Se arrependimento matasse.....
    Barão

    ResponderExcluir
  5. Pessoal, hoje em dia ainda está cheio de carros de 15 ou 20 anos de uso a preços baixos, mas ninguém quer esses micos...

    ResponderExcluir
  6. Pois é, eu também tenho um arrependimento, no final dos anos 90 deixei de comprar uma Caravan SS 6 inteira, com pintura ainda de fábrica, por 1500 reais...

    ResponderExcluir
  7. Bem pessoal, o que eu tenho a dizer é que os esportivos são os que se valorizam mais, os Gol GT e GTI, os Escort XR-3, os Monzas SR, os Voyage Sport, e outros, quem tiver oportunidade de comprar, compre agora que esta na hora, como disse o Guilherme mais 10 ou 15 anos e você ganhou uma nota, digo isto por experiência própria, pois vendi meu Charger RT no final do ano, e só eu sei o quanto ganhei, se fosse Dart, ganhava, mas não tanto.
    Rogerio Astur Guaranésia MG.

    ResponderExcluir
  8. Sempre foi assim com os automóveis, altos e baixos, quando estão com uns dez anos de uso não valem nada, depois pegam preço, acho que agora com os descartáveis a coisa vai mudar, se chegarem a dez anos...

    ResponderExcluir

  9. Turma, a garotada de hoje não é tão ligada em carros como
    nós o fomos (o somos). Eu acredito que os carros dos anos
    2000 em diante não terão, futuramente, muitos fãs saudosistas, de maneira
    que poucos sobrarão, poucos serão preservados. Sua descartabilidade
    fazem deles peças pouco cobiçadas. Um carro hoje, quando velho,
    vai direto para a reciclagem, poucos ficarão encostados esperando
    por alguém que os restaurem futuramente. Talvez eu esteja muito
    equivocado, somente o tempo dirá, mas como o mestre bem falou,
    "SE chegarem a dez anos"... meu modelo T esperou por nós mais
    de 60 anos, não sei se esses carrinhos aguentam muito tempo
    abandonados não...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre vai existir algum "Corsa WIND", Gol copa 2006..etc..unico dono,ou aquela historia...o dono usou apenas 1 ano e morreu...etc...mesmo sendo descartaveis...acredito que daqui 30 anos..eles terão espaço.....Gol BX por exemplo era lixo...hoje já esta subindo no mercado.....
      Att
      Barão

      Excluir
  10. daqui uns anos tem gente reclamando por não ter comprado um ômega ou marea por 7 mil kkkk. fazer oq, é a vida

    ResponderExcluir
  11. O meu Omega GLS 4.1 1995 (imaculado, único dono e sem tentativas de transforma-lo em CD) com somente 57k rodados reais, esta subindo de preço um tanto prematuramente, pois não é tão antigo.
    Mas acho que Omega por ter sido o último "carro de prestigio" feito no Brasil, vai valorizar antes de muitos outros de sua era.
    Concordo que os esportivos são os melhores neste aspecto.
    Acosta

    ResponderExcluir
  12. MEU GRANDE AMIGO DE INFÂNCIA E ADOLESCENCIA, SEMPRE LIGADO EM MOTORES, CARROS, ENGENHEIRO MECÂNICO PROVAVELMENTE UM DOS MELHORES (UFF). AINDA GOSTO MUITO DE AUTOMOBILISMO. NÃO PROCUROU MAIS OS AMIGOS DE TRÊS RIOS - AINDA MORO LÁ! É MAIS FÁCIL VOCÊ ME ENCONTRAR. ME LIGA. FERNANDO....

    ResponderExcluir