quarta-feira, 1 de abril de 2009

Ford GT40 ...5


"O mais veloz dos Fords".
Chegamos com essa postagem ao clímax da nossa história. O incrível clássico do automobilismo correu e venceu.
O dia foi longo, por isso vou dividí-lo em três. Aqui a primeira parte, depois vem a premiação e por último o programa da TV Rio. Já-já.




Os comentários desse dia -pelo piloto Sidney Cardoso- está primoroso.
.
Imagino o que signifa para ele recordar esses momentos e fico eu mesmo em um misto de entusiasmo e emoção.




A dupla da Equipe Colégio Arte e Instrução: Ford GT40 número 20 com Sidney Cardoso e o Lorena-Porsche número 22 com Carlos Alberto Scorzelli.






A chegada.
25 de Novembro, 1969.
Emocionante.

6 comentários:

  1. Capítulo Primeira Corrida do Ford GT 40 no Brasil

    Essa corrida foi a IV Etapa do Campeonato Carioca de Pilotos, realizada em 25-11-1969. A Equipe Colégio Arte e Instrução se apresentou com dois carros: O Ford GT 40 número 20 comigo e o Lorena-Porsche número 22 com Carlos Alberto Scorzelli.

    Link do filme em flash youtube:

    http://www.youtube.com/watch?v=8jHXLspBTkE

    Link do filme em Windows Media Player:

    http://www.obvio.ind.br/Novo_Site/anisio/1ª%20Corrida%20Ford%20GT%2040.wmv

    Amigos, toda vez que eu passo uma data podem ter certeza de que não tenho a cabeça privilegiada, elas me foram passadas pelo admirável pesquisador Ricardo Cunha, a quem quero agradecer de público sua boa vontade sempre presente.A colaboração dele é valiosa pra nós.

    A expectativa era grande por parte da imprensa, público e de nossa equipe, pois seria a primeira vez que o público brasileiro poderia ver de perto esse lendário carro correr aqui. Com isso a imprensa noticiou bastante essa corrida.

    Bem, como o carro havia vindo zero kilômetro, lembro-me que ainda sentíamos aquele agradável cheirinho de novo.

    Nossa equipe estava feliz, pois o motor estava redondinho, bem afinado e com a vinda do mecânico Antônio que trabalhara antes na Dacon o motor do Lorena também estava no ponto.

    Como de costume, cumprindo o regulamento, chegamos cedo no autódromo e pudemos perceber que ele se encontrava com um público bem acima da média de outras corridas já naquela hora.

    Estávamos batendo papo, fazendo os procedimentos de rotina antes de uma corrida, quando alguém veio nos avisar que soubera que estava correndo camufladamente um abaixo-assinado para os outros pilotos não correrem.

    Disseram-nos que quem liderava esse movimento alegava que seria uma forma de protestar contra a desigualdade de força do GT 40.
    Na hora falamos: Ué! Porque não fizeram isso com a Lola T 70 e a Alfa P 33 que haviam chegado ao Brasil primeiro?

    Ficamos chateados com aquilo e vimos logo que partira da mesma pessoa que havia feito tudo para o carro não chegar ao nosso país.

    Amadeu Girão, Diretor da Prova, soube quase ao mesmo tempo que nós. Lembro-me que sua expressão se transformou. Ele ficou preocupadíssimo, pois já estava chegando a hora de começar a corrida e o público ia lotando as arquibancadas.Pra quem não o conheceu mais de perto ele era um português bem rigoroso e que muitas vezes ouvi essa frase dita por ele:- Sou grosso, mas sou justo!

    Ele veio até nós e disse que iria acabar com aquele movimento dando uma bronca na turminha que estava querendo fazer essa confusão.

    Vimos ele se dirigir pra lá, observamos seus gestos enérgicos e chegamos a captar algumas de suas palavras: - Isso aqui não é brincadeira não! Enquanto eu for diretor de corrida ninguém vai sabotar! O público pagou pra ver um espetáculo e terá! Pra sabotar essa corrida vai ter que passar primeiro por cima de meu cadáver! E quem se atrever a tentar fazer isso pode ficar sabendo que nunca mais correrá aqui.

    A eficiente secretária dele, Mariana, como sempre estava a seu lado dando-lhe apoio.

    Nós já sabíamos do que se tratava e quem estava por trás daquilo, pois anteriormente, em junho, foram realizadas as III Horas de Velocidade da Guanabara, onde José Carlos Pace correra com a Alfa P33, por sinal, deu um show, batendo o recorde da pista. O que ele fez nos treinos foi um espetáculo inesquecível que guardo vivo em minha mente. Sempre fui fã do “Moco” e tive o prazer de desfrutar de sua amizade.

    Já tinham sido realizadas também duas corridas do campeonato carioca com a Lola T 70 e ninguém se opôs. Engraçado, por que só conosco?

    Bem, finalmente, a turma foi se dispersando e a tranqüilidade voltou a reinar, embora, como vocês podem ver no filme, essa foi a corrida que teve o menor número de participantes.

    Alguns alegaram que seus carros não estavam em condições de correr e foram embora.

    Quis fazer essa observação pra vocês entenderem o porquê de tão poucos carros nesse filme.

    Quero deixar bem claro que embora a Lola T 70 MK III dos irmãos Marcio e Marcelo de Paoli não tenha participado dessa corrida, não foi por esse motivo, eles realmente estavam com problema de falta de peças – o que era comum naquela época - sempre foram muito educados e o movimento não partiu deles de forma alguma.

    Bem, tudo resolvido e a largada foi dada na hora marcada.

    Recordo que parti acelerando me distanciando dos demais e logo recebi sinais do boxe pra maneirar. Como via que tinha bastante público no miolo, do lado de fora da cerca, e sabia que aquele era o local preferido dos mais apaixonados por automobilismo, não querendo decepcioná-los, confesso que muitas vezes burlei as ordens do boxe diminuindo na reta e acelerando no miolo.

    Pensava: a turma do boxe vai ver o tempo cair e pensará que estou refrescando no miolo.

    Quem entende de corridas sabe que deveria ser o contrário, pois é no miolo que se desgastam mais os pneus, que a pressão do óleo fica mais crítica, que se desgasta mais as pastilhas de freio, suspensão, etc.

    Deixa eu ver o que mais me lembro de singular nessa corrida.

    Ah, lembrei-me de alguns:

    1 – A Equipe Jolly Gancia enviou uma Alfa GTA dela para o piloto Mário Olivetti e seus mecânicos Giusepe e Manolo para lhe darem toda assistência.

    2- Mário Olivetti se sagrou antecipadamente Campeão Carioca de Automobilismo de 1969 nessa corrida, a IV Etapa do Campeonato, chegando em quarto lugar devido aos pontos acumulados anteriormente e eu o Vice-Campeão.

    3 – Quando estava acelerando saindo da Ferradura para o S - logo ali que o GT 40 saía bem rápido - quando tomei à direita pra botar uma volta em cima da Alfa GTA vermelha de Aloísio Kreischer ele não me viu, talvez pelo GT 40 ser baixinho, e jogou o carro para aquele lado. Saí, então pra esquerda e fui colocar por dentro entre ele e o Fusca sem ventoinha número 63 do Fernando Rodrigues Lima. Novamente ele não me viu e tive que dar uma rápida freada para não colidir. Na hora fiquei muito P da vida, e ultrapassei-o na entrada do Pinheirinho por dentro, gesticulando pra ele, mas acho que ele não havia me visto mesmo.A foto desse momento me foi enviada gentilmente por Gilberto Hingel, a quem agradeço e esse detalhe aparece no filme.
    Deixa eu aproveitar pra fazer uma correção: Nos filmes a Alfa GTA do Aloísio está citada como GTV, isso se deveu a uma falha minha, pois quando ele fez estreante comigo em 67, corria com a Alfa GTV e eu com a Giulia, na hora de passar para o rapaz que monta os filmes passei errado.

    4- A velocidade do GT 40 é tanta que muitas vezes tinha que sair da trajetória e passar perto do muro dos boxes pra poder ver o que estava escrito nas placas de sinalização.

    5- Amauri Mesquita mais uma vez deu um show de pilotagem com o Mini-Cooper. Sempre o achei um dos pilotos mais rápidos.

    6 – Perto do final da corrida fizeram sinal para eu esperar o Lorena pra chegarmos juntos. Se observarem com atenção no filme, bem perto do final, dará pra identificar essa hora onde diminui bem. Assim fiz, mas quando chegou perto da bandeirada e vi ele quase me passar, acelerei um pouco com medo de perder a posição.

    Veja que loucura, havia me esquecido totalmente que estava com uma volta na frente dele e se chegássemos bem juntos seria muito mais bonito.

    Sabe que isso acontece mesmo. Meu irmão, Sérgio Cardoso, uma vez correndo de Simca estava disparado na frente e me falou que lá dentro não tinha consciência disso.

    Bem, no próximo capítulo falaremos sobre os 1000 km da Guanabara 1969, temos muitas fotos dessa corrida e creio que irão gostar.
    Até lá.

    Antes deixa eu falar uma coisa, o Guilherme me passou a estatística de visitas ao seu blog, ficou feliz com o aumento absurdo que teve ultimamente devido estarmos falando de um carro que é querido pela maioria dos fãs de automobilismo, o GT 40.

    Lembram-se que ele havia colocado aquelas fotos do carro na TV? Aquelas fotos foram feitas no mesmo dia dessa corrida, o programa foi ao ar naquela noite. Como falei na ocasião, os revendedores autorizados Ford do Rio foram me entregar um troféu.

    Pois é, ele havia colocado as fotos aqui, foi no “boteco do Saloma”

    http://www.interney.net/blogs/saloma/

    fez uma pergunta lá sobre as fotos, disse que havia postado aqui, deixando o endereço de seu blog.

    Como estou sempre de papo no “boteco do Saloma”, li e vim ver o que era.

    Quando vi as fotos fui descrevendo. Ele, então, me solicitou se podia narrar tudo do início. Concordei e ele escreveu assim: Turma, esse assunto do Ford GT40 ganhou muita importância com os relatos e contribuições fotográficas do próprio Sidney Cardoso.
    O que requer uma maior organização. Então, por uma sugestão do próprio Sidney, resolvemos reorganizar o espaço. Faremos assim: apaguei os tópicos passados sobre ele, e iremos colocá-los agora na ordem cronológica dos fatos, daí, o Sidney vai contando a história e os acontecimentos do GT40 enquanto esteve com ele.

    Assim fica mais didático, já que esse nosso blog tem a pretensão de ser fonte de visita perene a todas as fotos, não, "fotos do dia".

    -Infelizmente os comentários dos amigos também foram apagados, mas por favor, façam-os novamente.

    -O Sidney promete ainda fotos inéditas.

    Aqui ao lado, o GT40 sendo comprado da Inglaterra. Com a palavra agora, o Sidney Cardoso:
    guilhermedicin@hotmail.com

    Bem, amigos, eu havia solicitado ao Guilherme pra apagar somente os meus tópicos pra que eu pudesse começar do início, só que com isso me pareceu que ele precisou apagar os de vocês, mas só ali no início, e está me parecendo que vocês não entenderam bem, pois estou sentindo muito silêncio. O que gosto é do bate papo, entenderam? Fiquem, pois à vontade pra conversar, quem me conhece de outros blogs sabe que adoro bater papo.

    Até mais.

    ResponderExcluir
  2. Na pressa me esqueci de agradecer ao amigo Sérgio Eduardo Enoch que havia feito, há um ano atrás, esse belo trabalho na foto colorida que foi copiada da revista Auto Esporte, janeiro de 1970.

    Deixa eu explicar seu belo trabalho pra quem não teve acesso à reportagem.

    A manchete dessa corrida foi assim:
    Ford GT 40 ESTRÉIA(E VENCE)

    Acontece que o título e essa imagem com os dois carros vieram em página dupla, sendo que o GT 40 estava com metade em uma página e a outra metade em outra.

    Pois bem, ele conseguiu fazer essa mágica que a meu ver ficou bem plástica.

    Obrigado Sérgio Enoch e obrigado ao Paulo Sallorenzo que restaurou alguns slides.

    Esse último já havia feito comentário lá sobre a mágica que fez com o caminhão e não havia feito aqui sobre os slides, embora já o agradecera por e-mail.

    ResponderExcluir
  3. Sensacional! Obrigado ao Guilherme e ao Sidney pelo resgate dessa história!

    ResponderExcluir
  4. Prezado Guilherme:

    Descobri seu Blog através de informação que recebi hoje do Sidney Cardoso.

    Meus parabéns, muito bom mesmo, espero que tenha muito sucesso.

    Parte dessas histórias do Ford GT-40 eu já tive o prazer e a honra de conhecer, por intermédio de informações recebidas do Sidney, a quem considero um grande amigo, apesar de ainda não nos conhecermos pessoalmente, só por telefone e internet.

    Numa das postagens que li aqui, foi colocado por ele que não tem todos os resultados do Ford GT-40 depois que o vendeu para o Luis Antonio Greco.
    Como o meu interesse maior no automobilismo são os resultados de corridas e de carros, individualmente, tomo a liberdade de listar abaixo todos os resultados do Ford GT-40 em corridas no Brasil, no período entre 1969 e 1973:

    1969:

    25/11 - Campeonato Carioca - IV Etapa - Primeiro lugar - Sidney Cardoso

    14/12 - 1000 Km da Guanabara - Não terminou - Sidney Cardoso / Carlos Alberto Scorzelli


    1971 -

    10/01 - Preliminar da Fórmula 3 - Interlagos - Primeira corrida - Segundo colocado - Sidney Cardoso

    10/01 - Preliminar da Fórmula 3 - Interlagos - Segunda corrida - Não terminou - Sidney Cardoso

    25/01 - Preliminar da Fórmula 3 - Interlagos - Terceiro colocado - Sidney Cardoso

    07/09 - 500 Km de Interlagos - Não largou - Sidney Cardoso

    Depois dessa corrida o carro foi vendido ao Luis Antonio Greco.

    12/12 - Prova Brasil - Interlagos - Não terminou - Wilson Fittipaldi Jr.

    19/12 - Prova Argentina - Interlagos - Não terminou - Wilson Fittipaldi Jr.


    1972 -

    30/04 - Festival de Roncos - Interlagos - Divisões 5 e 6 - Terceiro colocado - Paulo Gomes

    07/05 - Campeonato Brasileiro de Viaturas Esporte - I Etapa - Tarumã - Terceiro colocado - Paulo Gomes

    14/05 - Prova dos Campeões - Interlagos - Divisões 4, 5 e 6 - Quarto colocado - Paulo Gomes

    03/09 - 500 Km de Interlagos - Não terminou - Paulo Gomes


    1973 -

    24/06 - Campeonato Brasileiro de Construtores - Divisão 4 - Interlagos - V Etapa - Não terminou - Arthur Bragantini

    02/09 - Campeonato Brasileiro de Construtores - Divisão 4 - Interlagos - VI Etapa - Quinto colocado - Arthur Bragantini

    Um grande abraço.

    Ricardo Cunha

    ResponderExcluir
  5. Ricardo, muito obrigado pela visita, sua contribuição foi muito valiosa!

    ResponderExcluir
  6. solange coelho da costa9 de setembro de 2012 17:36

    curti, fiz parte do colegio no ano 69.Hoje tenho dificuldades para encontrar alguem da minha turma, pois nesta época as meninas eram sepadas dos meninos.Mas lembro do prof.Jurandir,Juarez.Não lembro o Nr da turma, mas lembro do 1o nome.Tenho até fotos de uma excução com elas.Que saudade do colegio e das meninas.caso saiba o nR da turma das meninas e só mandarn um Email dai tentarei achar pelo face book

    ResponderExcluir